Rádio Monteiro - Online

Preso pescador que matou amigo e depois foi tomar uma em Serra Branca

Protestos são registrados durante pronunciamento de Dilma em 12 capitais
Policiais civis da delegacia de Serra Branca, 14ª DSPC Monteiro, cumpriram mandado de prisão temporária em desfavor de José da Guia Quintino de Araújo, conhecido por “Zé da Guia”, de 35 anos, que confessou ser o assassino de Luiz Galdino de Barros, de 41, que teve seu cadáver encontrado na última segunda-feira (02), abandonado em um terreno no bairro do Ahú, cidade de Serra Branca. A polícia comentou que os dois eram amigos há vários anos.

Em seu depoimento, Zé da Guia alegou que passou o dia bebendo com a vítima, e quando já estava em sua residência, iniciou-se uma discussão por motivo torpe e passou a desferir vários golpes de faca-peixeira contra a vítima Luiz Galdino, momento este que arrastou o corpo e abandonou em um terreno próximo da sua casa. A vítima, Luiz Galdino, é ex-presidiário e acusado de ter matado um homem conhecido como ‘Postal’, em Serra Branca.
De acordo com a Polícia Civil, em momento algum o autor do fato demonstrou arrependimento, inclusive após abandonar o corpo e limpar sua residência, seguiu em direção de um bar da cidade para terminar a bebedeira, o que demonstra sua frieza para com o evento criminoso praticado.

0 comentários:

Postar um comentário