Rádio Monteiro - Online

Polícia prende em cidade do cariri dez suspeitos de explosões de caixas eletrônicos

Uma quadrilha composta por 10 homens foi apresentada na tarde desta quinta-feira (10) pela Polícia Civil em Campina Grande. Eles são suspeitos de cometer vários crimes, dentre eles explosões de caixas eletrônicos, assaltos a casas, roubo de veículos e homicídios. Os homens foram presos na tarde da quarta-feira (9) na cidade de Juazeirinho, localizada na região da Borborema.

Os suspeitos foram apresentados em uma coletiva de imprensa realizada na Central de Polícia de Campina Grande. Participaram da coletiva os delegado da Delegacia Seccional de Esperança, da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande, e Superintendente da Polícia Civil em Campina Grande.

Os delegados afirmaram que a polícia havia recebido uma informação de que o grupo iria explodir um caixa eletrônico na madrugada desta quinta-feira (10) na cidade de Juazeirinho. Policiais fizeram investigações na cidade e encontraram um carro com placa adulterada estacionado próximo a um bar, conhecido por ser ponto de venda e consumo de drogas. Os policiais abordaram os suspeitos que estavam no bar, que reagiram e trocaram tiros com a polícia. Na ação, a polícia conseguiu prender dois homens e, após novas buscas na cidade e em Campina Grande, conseguiu localizar mais nove suspeitos, dentre eles uma mulher, que pagou fiança e foi liberada.

De acordo com a polícia, o grupo teve participação na explosão de dois caixas eletrônicos localizados em supermercados em Campina Grande. O primeiro caso aconteceu no dia 15 de fevereiro deste ano. Na ação os assaltantes utilizaram um caminhão para arrombar o portão do supermercado e entrar no prédio. O outro caso foi no dia 17 de agosto deste ano, no Dia do Comerciário, quando o supermercado estava fechado. Nas duas ações, os bandidos conseguiram fugir levando uma quantia em dinheiro.

Além das explosões a caixas eletrônicos, o grupo é suspeito de roubar carros e invadir residências na região de Campina Grande. Um dos suspeitos do grupo assumiu ainda que havia praticado dois homicídios. Com os homens, a polícia apreendeu equipamentos utilizados para arrombamentos de caixa eletrônicos, grampos (que seriam usados para jogar na pista após a ação), uma pistola, munições para fuzil e um 1,5 kg de maconha. Os suspeitos serão encaminhados para uma unidade prisional de Campina Grande.

0 comentários:

Postar um comentário