Rádio Monteiro - Online

Roupas produzidas em curso de corte e costura em Serra Branca são doadas ao Abrigo São Vicente de Paulo

Com preocupação de aumentar a renda e até mesmo possibilitar um emprego às mulheres do município Serra Branca, o vereador Paulo Sérgio Barros através de uma articulação junto ao Governo do Estado e um empresário conseguiu levar ao município um curso de corte e costura, o qual teve sua segunda etapa finalizada.

As 27 mulheres que concluíram o curso, produziram ao total para doação ao Abrigo São Vicente de Paulo, 23 peças de pijamas: 11 masculinos e 12 femininos.

De acordo com o vereador, Serra Branca tem potencial de ingressar no mercado de produção em confecção de roupas, e que hoje em dia no Município 60 mulheres podem trabalhar nesse meio. O Vereador Paulo Sérgio Barros ressaltou a importante parceria firmada para a realização do curso com o Governo do Estado, com os empresários Diego Nunes, Rogério Roque, Dr. Roberto Roque; com o presidente do PSB de Serra Branca, Clóvis Gaião; com o advogado Guilherme Gaudêncio e a com parceira fundamental do Abrigo São Vicente, que cedeu um salão para instalações das máquinas de corte e costura.

Paulo Sérgio falou sobre a doação das peças de roupas: “Fomos ao Abrigo para fazermos a doação dessas peças produzidas exclusivamente por essas alunas aqui do curso. E na verdade foi uma forma simbólica de reconhecer e agradecer o trabalho da instituição tem feito aos serra-branquenses e claro por nos conceder o espaço, onde aconteceram as duas etapas do curso. E quero agradecer a Dona Edileuza, Dona Lurdinha e também a Ari, pela a parceira. ”

A costureira Josivânia Souza destaca a iniciativa do Vereador Paulo Sérgio Barros: “ É uma iniciativa primeiramente de boa vontade, e depois com um olhar diferenciado para a população de Serra Branca. E Paulo Sérgio teve iniciativa, colocou em prática e realizou o sonho de várias mulheres. ”

Ela também falou da importância de participar do curso: “É muito gratificante, pois, é uma oportunidade única, em vista que temos muita dificuldade de encontrar em nossa cidade cursos que possamos nos profissionalizar. Eu nunca tinha costurado, mas sempre tive oportunidade. Até que um dia escutei no rádio que em Serra Branca iria ter o curso. Já em relação à iniciativa de Paulo Sérgio”.

0 comentários:

Postar um comentário