Rádio Monteiro - Online

Mulher é presa suspeita de matar homem que a teria estuprado em Campina

Um homem foi morto na madrugada desta quinta-feira (23), no sítio Salgadinho, em Campina Grande. De acordo com a Polícia Militar, três suspeitos, dois homens e uma mulher, foram presos pouco depois durante buscas. A principal suspeita da Polícia Civil é de que o crime pode ter sido motivado por vingança, pois a mulher presa afirmou em depoimento ter sido estuprada pelo homem assassinado.
Josenildo da Silva, de 37 anos, foi assassinado com várias facadas e um tiro de espingarda 12. A delegada Nercília Dantas informou que a polícia encontrou a vítima com os testículos e pênis parcialmente decepados. A mulher detida confessou que foi ela quem praticou os atos antes de matar o homem.
Pouco após o crime, a Polícia Militar estava fazendo rondas na região onde o assassinato aconteceu e encontrou os três suspeitos ainda com as armas nas mãos.
Maria Aparecida do Santos, 24 anos, Elton Conceição de Andrade, de 22 anos, e Edson Eduardo Conceição, de 19 anos, foram presos e encaminhados para a Central de Polícia de Campina Grande, no bairro do Catolé. Contra Elton havia um mandado de prisão em aberto por tráfico de drogas.
Na delegacia, os três suspeitos assumiram a autoria do homicídio e reafirmaram em depoimento que o crime foi cometido por vingança ao suposto estupro sofrido pela mulher de 24 anos.
O caso segue sendo investigado pela polícia e pela delegada Nercília Dantas. O corpo de Josenildo da Silva encaminhado para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol).

0 comentários:

Postar um comentário