Mulher é morta a tiros por marido em motel, na PB, e suspeito se mata em seguida, diz polícia


Uma mulher foi morta a tiros pelo marido, na noite desta segunda-feira (15), em um motel que fica entre a saída de Campina Grande e a cidade de Queimadas, na BR-104. Após cometer o crime, o homem teria se matado. A mulher, Dayse Auricea Alves, de 40 anos, é secretária de educação do município de Boa Vista.

O caso aconteceu por volta das 21h40. Segundo informações do superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, Luciano Soares, a suspeita é que o marido da vítima, Aderlon Bezerra de Souza, de 42 anos, estava armado com um revólver e após cometer o homicídio se matou com a mesma arma.


Ainda de acordo com informações da polícia, o aniversário da vítima foi no domingo (14) e o marido dela teria convidado a esposa para comemorar no motel onde aconteceu o crime. O casal deixou duas filhas.

A Polícia Militar e a Polícia Civil estiveram no local e continuam investigando o caso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.