MONTEIRO TV AO VIVO

Operação detém 41 pessoas na Paraíba, após 14 horas de trabalho, diz polícia


Na Paraíba, 41 pessoas foram detidas pela operação, deflagrada nos 26 estados brasileiros e no Distrito Federal, nesta quarta-feira (24), de acordo com a Polícia Civil. A #PC27 teve o objetivo de prender foragidos da Justiça, suspeitos e acusados de crimes graves. Foram expedidos mais de 1 mil mandados de prisão e de busca e apreensão em todo o país.

Após 14 horas de trabalho, foram presos 39 adultos e dois adolescentes foram apreendidos. No estado, as prisões ocorreram por crimes como homicídio, estupro, assaltos, tráfico de drogas e porte ilegal de armas, segundo a Polícia Civil.

A polícia informou que, desse total, 11 pessoas já haviam sido condenadas pela justiça e tinham sentenças para ser cumpridas, enquanto sete ainda não tinham passado por julgamento, mas eram procuradas por ordens de prisões preventivas. Outros oito mandados de prisão temporária foram cumpridos e 13 pessoas foram presas em flagrante delito.

Conforme divulgado no fim da manhã desta quarta-feira (24), parte das prisões aconteceu em João Pessoa, Alhandra, Monteiro, Patos, Princesa Isabel, Catolé do Rocha e Itaporanga. Em algumas cidades a ação contou com o apoio da Polícia Militar.

Além disso, a polícia apreendeu 11 armas de fogo, 30 pedras de crack e uma quantidade não divulgada de maconha e cocaína. A operação mobilizou 120 policiais e 40 viaturas na Paraíba.

E-golpe

A operação também buscou, na Paraíba, desarticular um grupo suspeito de fraudes na venda de carros pela internet. Conforme o delegado Marcos Vasconcelos, os suspeitos copiavam o anúncio de uma outra pessoa pela internet, criavam um anúncio mais barato, realizavam uma interlocução com os interessados e o real vendedor do carro, criando uma história falsa, e vendiam o veículo.

No entanto, a vítima nunca recebia o produto da compra. A investigação envolveu a venda de veículos por estelionatários em Goiás e no Mato Grosso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.