Cidades na Região Metropolitana de João Pessoa já receberam mais de 200 mm de chuvas em junho


As fortes chuvas no mês de junho se concentraram nos municípios da Região Metropolitana de João Pessoa, onde sete cidades já registraram, cada uma, mais de 200 mm de chuvas. Os municípios do Litoral, Brejo e Agreste da Paraíba registram até esta segunda-feira (17) as maiores precipitações do mês. Os dados são da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa).


Na área do Litoral, sete cidades já registram precipitações acima dos 200 milímetros. A capital João Pessoa é que chamou a atenção. São 569,8 mm até esta segunda-feira e vários problemas, como abertura de cratera em vias e alagamentos.

De acordo com o mapa disponibilizado pela Aesa, há registros de chuvas em todas as regiões do estado dos dias 1º a 17 de junho. Porém, no Sertão, o maior acumulado é em Catolé do Rocha com apenas 13 milímetros. No Cariri, a cidade onde mais choveu foi Caturité, com 39 milímetros.

No Agreste, choveu 62,9 mm em Remígio, 71,2 mm em Fagundes, 72,9 mm em Campina Grande e 76,4 mm em Riachão do Bacamarte.

Na microrregião do Brejo paraibano, as chuvas já acumulam 100 milímetros nestes 17 dias, como em Alagoinha (110 mm) e Areia (123,6 mm).

Segundo a meteorologista da Aesa, Marle Bandeira, as chuvas nesta época são comuns. "O período de chuva do Litoral ao Agreste é de abril a julho, pegando outono e início de inverno. No relatório que divulgamos em março já prevíamos chuva acima da média na faixa litorânea. Além disso, houve uma convergência de ventos nesse últimos dias na costa, por isso as chuvas tão fortes", explicou.


10 maiores volumes de chuvas em junho na Paraíba

  • João Pessoa 569,8
  • Cruz do Espírito Santo 275,4
  • Rio Tinto242,1
  • Capim 234,2
  • Mamanguape 228,4
  • Alhandra 220,8
  • Pedras de Fogo 213,0
  • São Miguel de Taipu 199,4
  • Baía da Traição 198,3
  • Mari 185,8

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.