MONTEIRO TV AO VIVO

Energisa e Polícia Civil realizam operação de combate ao furto de energia em Boqueirão


Nesta quinta-feira, 22 de agosto, Energisa e Polícia Civil realizaram uma operação especial na zona rural de Boqueirão, região metropolitana de Campina Grande. A ação foi programada após o Centro de Inteligência em Combate às Perdas de Energia, da Energisa, apontarem uma variação no consumo de energia em irrigações de grande porte e alto índice de desvio de energia para a região de Boqueirão. A operação foi coordenada pelos delegados da Polícia Civil, Iasley Almeida e João Joaldo, além do apoio do Instituto de Polícia Científica (IPC).

Até então, cerca de quatro consumidores já foram autuados. Estima-se que juntas estas unidades desviaram mais de 400 MWh nos últimos 36 meses. Essa energia seria suficiente para abastecer mais de 946 residências durante 12 meses. Ao todo, o prejuízo financeiro por furto de energia na cidade de Boqueirão ultrapassa R$ 1 milhão.

O crime está previsto no Código Penal, no art. 155 e art. 171, onde prevê uma pena de até cinco anos de reclusão e multa. “Quando um cliente furta energia impacta para os demais consumidores que estão regulares, já que parte do valor é repassada para a tarifa”, afirma Daniel Andrade, gerente de combate a perdas.

A importância do trabalho de combate a esse tipo de crime é também um apelo da sociedade e do Governo, uma vez que reflete diretamente na arrecadação do ICMS para o Estado, ressalta Daniel Andrade. “O Governo do Estado deixa de arrecadar em função do furto de energia mais de R$ 35 milhões. A população perde com isso, uma vez que os valores poderiam ser revertidos em infraestrutura básica, como saúde e educação, por exemplo”.

O cliente pode ajudar denunciando o furto de energia, de forma sigilosa, pelo 0800 083 0196, site energisa.com.br, Agência de Atendimento presencial ou pelo aplicativo para smartphone Energisa On.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.