MONTEIRO TV AO VIVO

124 anos: Prefeitura de Monteiro homenageia a ‘Cascavel do Repente’

“Pinto de Monteiro nos deixou um legado imensurável, temos sempre que lembrá-lo para que as futuras gerações conheçam o que é uma cantoria e a beleza da poesia e nunca esqueçam a ‘Cascavel do Repente’, o nosso glorioso Pinto de Monteiro”.

Com estas palavras a prefeita Anna Lorena relembra neste dia 21 de novembro, o aniversário de 124 anos um dos maiores ícones da cultura popular do nordeste e o maior do município, Pinto do Monteiro.

Filho de um tropeiro com uma doméstica, Pinto experimentou muitas profissões, antes de se dedicar inteiramente à viola e cantar para divertir, encantar e fazer pensar uma multidão que o admira através de seus versos passados por gerações.

Dentro das homenagens a ‘Cascavel do Repente’, a Prefeitura Municipal de Monteiro, por meio da Secretaria de Cultura, realizam na próxima quinta-feira, 28, durante a abertura da Expo Monteiro, uma noite de homenagens ao poeta Severino Lourenço da Silva Pinto, mais conhecido como ‘O Pinto de Monteiro’.

Na manhã desta quinta-feira, 21, a prefeita Anna Lorena também emitiu uma nota a respeito dos 125 anos do poeta monteirense, confira:

Homenagens são mais que merecidas neste dia. Mantemos a memória de tão importante personalidade da nossa cultura em nosso município e memória através de nossas ruas e praças, no importante Campus universitário da UEPB, enfim, continuamos cumprindo e mantendo a saudosa lembrança daquele que levou o repente e a cultura popular da cidade de Monteiro à níveis de referência.

Filho de um tropeiro com uma doméstica, Pinto experimentou assim como muitos de nós procurou em muitas profissões algo que somente a viola poderia lhe dar, a inspiração e a companhia para contar seus contos, seu dia a dia e suas experiências que nos surpreende até hoje.

Monteiro é berço de cultura e muito se orgulha deste homem que derramou a sua maravilhosa mente em versos nos brindando e elevando.
Cultura popular
Para alegria dos amantes da cultura popular, Pinto deixou sua voz registrada em dois LP’s — Pinto do Monteiro: Vida, Poesia e Verdade, produzido pela Fundação Joaquim Nabuco, e Pinto de Monteiro e Zé Pequeno: acelerando as asas do juízo, selo independente. Há, ainda, sua imagem e voz em inúmeras fitas de vídeo, Super-8, cassete, cinema.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.