MONTEIRO TV AO VIVO

Começam inscrições para o Sisu; Paraíba tem 15,5 mil vagas


As inscrições para o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) começam nesta terça-feira (21). O Sisu integra o calendário dos processos seletivos federais que usam o Enem como critério de seleção. Neste semestre, o Sisu vai ofertar 237 mil vagas em 128 instituições de ensino superior públicas, sendo 15,5 mil vagas na Paraíba.

O Sisu estará aberto até domingo, ou seja, por mais dois dias, por causa das falhas ocorridas na correção de algumas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, nessa segunda-feira (20) pela rede social Twitter.

Para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Na hora da inscrição no processo seletivo é preciso informar o número de inscrição do Enem e a senha atual cadastrada na Página do Participante.

A nota do Enem está disponível desde sexta-feira (17) tanto no aplicativo, quanto na própria Página do Participante. É preciso informar o CPF e a senha cadastrada na hora da inscrição. Caso o candidato tenha esquecido a senha, pelo próprio sistema é possível recuperá-la.

É essa senha que deve ser usada na hora da inscrição no Sisu. O número de inscrição, que é solicitado também para participar da seleção, está disponível para cada estudante na Página do Participante.

Vagas para o Sisu na Paraíba
A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) lidera a quantidade de vagas com 7.872. As vagas são destinadas aos 124 cursos da UFPB distribuídos nos quatro campi da instituição. A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) ofertará 3.025 vagas para ingresso em cursos de graduação dos seus oito campi, conforme o Termo de Adesão aprovado pelos conselheiros. Já a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) vai ofertar 3.160 vagas.

O Instituto Federal da Paraíba (IFPB) disse que vai ofertar 1.430 vagas, destinadas aos 39 cursos participantes, distribuídas da seguinte forma: 665 vagas para ampla concorrência, 49 vagas para ações afirmativas e outras 716 vagas pela Lei. Nº 12.711/2012 que garante reserva de 50% das matrículas por curso e turno nas 59 universidades federais e 38 institutos federais de educação a alunos oriundos integralmente do ensino médio público, em cursos regulares ou da educação de jovens e adultos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.