MONTEIRO TV AO VIVO

Paraíba tem 19 mortes suspeitas de arboviroses em 2020

Mosquito da dengue (Foto: Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas)

Até esta segunda-feira (31), foram registrados 5.186 casos  prováveis  de  dengue, 1.119 de chikungunya e 243 do vírus Zika na Paraíba
31 de agosto de 2020
A Secretaria de Estado da Saúde (SES) contabilizou 19 óbitos suspeitos por arboviroses, que são doenças causadas por mosquitos, sendo dois casos confirmados por dengue nos municípios de Sapé e Santa Rita e dois casos confirmados para chikungunya, em João Pessoa. Foram descartados seis casos e ao todo nove ainda seguem em investigação. No ano de 2019, no mesmo período, foram confirmados 13 casos de óbitos, desses nove foram por dengue, três por zika e um por chikungunya.

Até esta segunda-feira (31), foram registrados 5.186 casos  prováveis  de  dengue, 1.119 de chikungunya e 243 do vírus Zika na Paraíba.
Os dados são sétimo Boletim Epidemiológico das Arbovirores na Paraíba (dengue, zika e chikungunya). O relatório aponta que a notificação dos agravos sofreu queda, em relação ao mesmo período no ano anterior, o que reflete a necessidade de intensificar a notificação dos casos pelos municípios. O documento indica ainda que há dois tipos de vírus da dengue em circulação na Paraíba.
Durante este ano de pandemia, foi possível isolar os sorotipos denv-1 e denv-2 que circulam no estado, por meio dos testes realizados pelos municípios e processados pelo Lacen – PB. Uma Nota Técnica foi divulgada para reforçar o  mapeamento e orientar aos municípios quanto ao armazenamento e transporte do material coletado para análise.
“Mediante o cenário atual do agravo no Estado, observamos a necessidade de intensificar as coletas para isolamento viral durante o primeiro trimestre do ano vigente, a fim de identificar qual sorotipo está circulando na Paraíba”, ressalta a gerente da GEVS, Talita Tavares.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.