Rádio Monteiro - Online

Governo investe mais de R$ 44 milhões na agricultura familiar

Image 
 
O Governo do Estado, por meio do Projeto Cooperar, já investiu mais de R$ 44 milhões em projetos produtivos com benefícios diretos para 125 mil agricultores. “O Cooperar está contribuindo com o desenvolvimento da agricultura familiar, para a qualidade de vida do povo paraibano”, avalia o diretor técnico do Cooperar, Fábio Gomes. 

Na área de mineração, os recursos aplicados somam até agora mais de R$ 3 milhões na aquisição de máquinas e equipamentos para que os pequenos mineradores trabalhem com mais segurança e aumentem a produção na extração de minerais.

No campo da produção de mel, o Governo do Estado investe na construção e instalação de 25 subprojetos para coleta do produto. Desse total, 16 unidades já estão em fase de conclusão. O mel será beneficiado em cinco entrepostos. Nessa área, o Cooperar aplica mais de R$ 3 milhões. “A previsão é de que o mel produzido na Paraíba receba um selo de certificação para conquistar novos mercados fora do Estado”, destaca Fábio Gomes, acrescentando que hoje o Cooperar apoia 442 subprojetos.

Investimentos do Projeto Cooperar de mais de R$ 1,7 milhão levam benefícios a 369 famílias de sete municípios paraibanos em várias regiões do Estado. Diretamente são contempladas 16 comunidades rurais com apoio à apicultura, agricultura irrigada, floricultura, avicultura e caprinocultura, nas cidades de Monteiro, Bonito de Santa Fé, Conceição, Pilões, Pitimbu, Santa Luzia e São Sebastião de Lagoa de Roça.

Dos subprojetos de apicultura, dois são executados em Bonito de Santa Fé, na comunidade Bartolomeu, envolvendo 40 famílias, e em Monteiro, nas comunidades Riacho Verde, Pocinhos, Limitão e Santa Catarina, com 17 famílias.

Na avicultura, há projetos em Monteiro, nas comunidades Limitão de Baixo e Cupiras, para 117 famílias, e em São Sebastião de Lagoa de Roça, envolvendo 97 famílias. Em Pitimbu e Conceição, os subprojetos são na área de agricultura irrigada, dirigidos a 30 famílias. Em Santa Luzia, o apoio é à caprinocultura executada por 15 famílias, e no município de Pilões, o apoio à floricultura beneficia 28 famílias de agricultores rurais. 

0 comentários:

Postar um comentário