Rádio Monteiro - Online

Vereador é cadastrado no Bolsa Família e acusado de usar programa para se eleger

VEREADOR
Não é novidade que o programa Bolsa Família é desvirtuado e fraudado em todo Brasil, inclusive sendo usado para comprar drogas, conforme denuncia feita recentemente pela Revista NORDESTE. Na Paraíba, o caso mais recente vem do município de Catingueira, onde o vereador mais votado da cidade, que é ex-secretário de Ação Social (responsável pelo Programa), Lindeilton Leite Pereira do PR, está entre os beneficiários já no ano de 2013.
De acordo com uma fonte do Portal WSCOM, o vereador responde a denuncia de compra de votos na eleição passada, justamente por uso do programa Bolsa Família.
O nome do vereador aparece entre os beneficiários do Programa no Portal da Transparência, onde mostra que ele “tem direito” a receber R$ 332, referente ao pagamento do benefício dos meses de Maio e Junho.
Lindeilton ocupou a Secretaria de Ação Social da cidade de Catingueira até o ano passado, quando passou o cargo para a esposa Ilanne Luis Azevedo Leite, para se candidatar a vereador e sair do pleito como o mais votado com 280 votos.
Hoje ele ocupa a primeira secretaria da Câmara Municipal daquela cidade.
A reportagem não conseguiu falar com o vereador. Na Câmara ele não estava, por que as sessões acontecem apenas dois sábados por mês na parte da tarde e o servidor que nos atendeu não passou o telefone celular do parlamentar.
Um e-mail foi enviado para o endereço eletrônico que consta no site da Câmara no perfil do vereador e estamos aguardando uma resposta.

0 comentários:

Postar um comentário