Rádio Monteiro - Online

Acusado de estelionato puxa o carro pra cadeia de Monteiro

Image
 
A Polícia Civil de Monteiro, capitaneada pelo Delegado Gerônimo Barreto, prendeu nesta terça-feira (06), Josivan Francisco da Silva Santos, de idade não informada, sob a acusação de que ele havia cometido o crime de estelionato. 

De acordo com a Polícia, os agentes de investigações da 4ª DRPC atenderam na terça à tarde dois homens que se diziam vítimas de um golpe que estaria para acontecer. Segundo as supostas vítimas, Josivan teria alugado um imóvel a uma delas e estaria oferecendo à venda esse mesmo imóvel alugado a outra vítima. Para isso, o criminoso já havia falsificado uma escritura particular de compra e venda do imóvel com a assinatura falsificada do proprietário. Com essas informações, os agentes orientaram as vítimas a realizarem o suposto negócio (para que o crime de estelionato realmente se consumasse)  para em momento posterior darem voz de prisão ao estelionatário, não sem antes digitalizar todas as cédulas de dinheiro que iriam ser entregues ao bandido.

Após a operação negocial, os agentes capturaram o criminoso e lhe deram voz de prisão. O preso negou a autoria do crime, mas, após ter conhecimento dos elementos informativos que os policiais tinham em mãos, ele assumiu a autoria do crime, informando que só o fez porquê precisava do dinheiro.

Em contato com a nossa redação, o Dr. Yuri Givago, Delegado Titular de Monteiro, disse que o preso foi autuado por uma das formas do crime de estelionato (Art. 171, §2º, I do código penal), que tem pena máxima superior a 4 anos de reclusão, não cabendo fiança. Sendo o preso recolhido na cadeia pública local até decisão ulterior da Justiça Monteirense. O delegado ainda disse que será instaurado um inquérito contra Josivan para apurar as circunstâncias em que se deram a falsificação do instrumento particular de compra e venda do imóvel.

0 comentários:

Postar um comentário