Rádio Monteiro - Online

Governo deve fazer mudanças na Gerência Regional de Educação do Cariri

Image
Gerente Regional Maurismar Feitosa Chaves 
O governador Ricardo Coutinho deverá iniciar algumas modificações em cargos comissionados no âmbito da 5ª Gerência Regional do Cariri, sediada em Monteiro, segundo informações obtidas na manhã desta quinta-feira, 8.

A primeira mudança deve acontecer com a substituição do Chefe do Setor Financeiro do órgão, Adriano Brandão, que está sendo acusado de praticar uma série de irregularidades na Gerência Regional de Educação, com suspeita de desvio de recursos públicos e de beneficiar pessoas com diárias, sem a realização de viagens a serviço do órgão.

Segundo apurou a reportagem, o próprio presidente municipal do PSB, Ricardo Morato teria comprovado que o chefe do Setor Financeiro teria cometido irregularidades na concessão de diárias e na última sexta-feira (2) comunicou o fato à secretária de Educação, Márcia Lucena.

As denúncias sobre as irregularidades ocorridos na Gerência Regional de Educação são consideradas graves e, o Gerente Regional Maurismar Feitosa Chaves (foto), que se encontrava em viagem no exterior retornou ao país no último final de semana e já se encontra em Monteiro.

Ainda segundo informações, Maurismar Chaves foi convocado nesta quarta-feira (7) a cidade de João Pessoa para participar de reunião com a chefe de gabinete da secretaria de Educação Márcia Lucena.

O conteúdo da reunião não foi revelado, mas, ventilou-se a possibilidade do governador Ricardo Coutinho fazer uma intervenção ou abrir uma sindicância para apurar as denúncias que estão sendo veiculadas até mesmo por servidores da gerência regional.

Adriano Brandão é pessoa da estreita confiança do gerente Maurismar Chaves, e, antes de deixar a sede do órgão na última sexta-feira disse que “não cairia só”.

O presidente do PSB de Monteiro, Ricardo Morato, ouvido pela reportagem, confirmou a possível exoneração do Chefe do Setor Financeiro, mas não quis comentar sobre irregularidades no órgão. “São apenas denúncias que devem ser apuradas com serenidade e responsabilidade”.

0 comentários:

Postar um comentário