Rádio Monteiro - Online

Programa Água Doce vai instalar 93 dessalinizadores na Paraíba

Image 
 
Nos próximos três anos, serão instalados 93 dessalinizadores na Paraíba. Para isso, o Estado foi contemplado esse ano com R$ 14 milhões pelo Programa Água Doce, por meio de uma parceria entre o Governo do Estado e o Governo Federal. O objetivo é levar água potável para a população de comunidades rurais e municípios carentes.

De acordo com o secretário do Estado de Recursos Hídricos, do Meio Ambiente e da Ciência e Tecnologia, João Azevedo, o programa encontra-se em fase de diagnóstico para início da instalação das unidades de dessalinização. Segundo o coordenador estadual do Água Doce, Isnaldo Cândido da Costa, que também pertence à equipe da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o programa atende 21 sistemas dessalinizadores em cidades como Serra Branca e Caraúbas desde 1998.

Com esta nova verba, advinda do Ministério do Meio Ambiente (MMA) e com contrapartida do Governo do Estado, serão 93 novos dessalinizadores até 2015. Isnaldo informa que o Programa Água Doce possui alguns critérios para instalação dos sistemas de dessalinização: municípios com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), localidades difusas de zona rural, áreas com menor índice pluviométrico, entre outros. Além disso, os sistemas podem ser implantados apenas onde existe um poço de água tubular – de onde provém água salina ou salobra.

A utilização dos dessalinizadores produz um rejeito tóxico. Porém é responsabilidade do programa esse resíduo, que não pode ser jogado a céu aberto e é armazenado em tanques de contenção.

Processos de dessalinização – Na região semiárida, são constantes os períodos de seca, muitas vezes obrigando a população a migrar para outros centros, por absoluta falta de condições. Para minimizar esta situação e melhor utilizar os volumes disponíveis de água, as ações do Programa Água Doce propõem a instalação de equipamentos de dessalinização, inicialmente, em poços tubulares perfurados.

O componente de dessalinização do Programa Água Doce tem como principais ações junto com os órgãos participantes do processo, a formação de recursos humanos, recuperação e instalação de dessalinizadores e implantação de unidades demonstrativas.

O componente de dessalinização é constituído por dois subcomponentes: recuperação de sistemas já instalados e implantação de sistemas de dessalinização novos. A recuperação de equipamentos já instalados tem como objetivo restaurar os equipamentos que se encontram quebrados, parados ou funcionando precariamente. São também instalados tanques de contenção do concentrado do dessalinizador, a fim de evitar a destinação inadequada do concentrado salino no meio ambiente.

0 comentários:

Postar um comentário