Rádio Monteiro - Online

Grávida era mantida acorrentada pelo marido na Paraíba, diz polícia

Grávida
 

Uma jovem com cinco meses de gravidez foi mantida pelo marido por cerca de um mês acorrentada pelo tornozelo na casa onde moravam na Zona Rural de Pilõezinhos, município localizado a cerca de 111 km de João Pessoa.

O caso veio a público nesta quarta-feira (22) após a delegada da Mulher de Guarabira, cidade vizinha a Pilõezinhos, informar que a jovem de 23 anos conseguiu fugir na terça-feira (21).

De acordo com a delegada Juliana Brasil, a jovem conseguiu soltar a corrente na manhã de terça-feira e caminhar pela área de mata da zona rural da cidade até receber ajuda de um homem, que emprestou o celular para que ela pudesse acionar a polícia. A Polícia Militar então foi até o local e encaminhou a jovem grávida, ainda com a corrente presa ao tornozelo, até a Delegacia da Mulher de Guarabira.

No depoimento da vítima à delegada, ela explicou que seu companheiro, com quem vivia há cerca de um ano, a mantinha presa por ciúmes. Ainda de acordo com Juliana, a vítima teve o cabelo raspado pelo marido e apresentava sinais de fraqueza, além das escoriações na perna que ficava presa à corrente.

“Pelo que ela nos contou, se trata de um caso de ciúmes e possessividade. O marido mantinha relações sexuais com ela sem consentimento, fazia ameaças com arma de fogo e a acorrentava toda vez que saía de casa. Como eles moravam em um lugar afastado, ela não conseguia pedir ajuda”, comentou a delegada.

O marido da jovem mantida em cárcere privado trabalha como segurança, segundo depoimento da vítima. A polícia continua realizando buscas no município, mas até as 18h (horário local) desta quarta-feira o homem ainda não tinha sido localizado. A delegada do caso pediu e Justiça decretou a prisão preventiva do marido da jovem.

A vítima passou por exames médicos e de corpo de delito ainda na terça-feira. De acordo com Juliana Brasil, a mulher foi encaminhada para um abrigo, cujo endereço será mantido em sigilo por questões de segurança. No local, ela será submetida a novos exames e acompanhamento pré-natal.

0 comentários:

Postar um comentário