Rádio Monteiro - Online

Litoral da Paraíba continua fervendo, com vários shows e atrações especiais

Opções do final de semana no litoral

Conforme a Superintendência de Administração do Meio Ambiente (Sudema), 53 praias do litoral paraibano são consideradas próprias para o banho até a próxima quinta-feira (30). Em Cabedelo, na região metropolitana da Capital, os banhistas devem evitar área localizada na margem direita do estuário do Rio Paraíba, na praia do Jacaré. Em João Pessoa, deve ser respeitada a distância de 100 metros à direita e à esquerda da galeria pluvial localizada próxima ao Hotel Costa do Atlântico e da desembocadura do maceió do Bessa, nas praias de Manaíra e Bessa I.


O final de semana no Litoral da Paraíba continua repleto de atrações, shows, cinema e locais de passeios especiais, com bastante calor. De acordo com a Agência executiva de Gestão das Águas, a maior parte do tempo será de céu ensolarado e temperaturas que variam entre a mínima de 25 °C e a máxima de 31°C.


Segundo o relatório, as demais praias do estado estão consideradas adequadas para o banho e são classificadas nas categorias excelente, muito boa e satisfatória. Apesar de classificadas como próprias à balneabilidade, a Sudema recomenda aos banhistas que evitem os trechos de praias localizados em áreas frontais a desembocaduras de galerias de águas pluviais, principalmente se houver indício de escoamento recente.

Nesta sexta-feira (24), a banda mineira Jota Quest canta nas areias do Cabo Branco, em João Pessoa, em mais um show do projeto Extremo Cultural. A banda se apresenta às 22h, depois da perfomance de Rock Retrô, que sobe ao palco às 20h.

O Jota Quest, que está em fase de promoção e divulgação do novo álbum 'Funky Funky Boom Boom', lançado em novembro de 2013, traz fortes influências do black music. O CD tem 15 faixas inéditas, incluindo o single 'Mandou Bem'. No repertório da noite, canções de sucesso que marcaram os 15 anos de carreira do grupo como 'Na Moral', 'Encontrar Alguém', 'Fácil' e 'Mais Uma Vez'.

Com duração aproximada de duas horas e com cenário retrô-futurista e vibrante, os mineirinhos Rogério Flausino (voz), Márcio Buzelin (teclados), Paulinho Fonseca (bateria), PJ (baixo) e Marco Túlio (guitarra), prometem “incendiar” o público com uma mistura peculiar de pop, rock e groove.

Jota Quest se moldou numa mistura sonora peculiar acrescentando black music ao rock e ao pop. Esse 'tempero' tornou-se então o grande diferencial de sua música e, mergulhados nesse ambiente quente da capital mineira, ao longo dos anos de 94 e 95, o 'J.Quest' constrói repertório e sonoridade próprias e, no segundo semestre de 1995, registram suas canções em seu primeiro álbum independente o “J.Quest”.

A partir do segundo CD 'De Volta ao Planeta...' (1998) o agora rebatizado 'Jota Quest' apresentava uma sonoridade mais diversa. Canções, rocks e o pop aliaram-se ao groove do primeiro álbum. Depois seguiram-se os álbuns: 'Oxigênio' (2000), 'Discotecagem Pop Variada' (2002), 'MTV Ao Vivo' (2003), 'Até Onde Vai' (2005) e, finalmente, os mais recentes 'La Plata' (2008), 'Dias Mejores' (2010) e 'Quinze' (2011).

0 comentários:

Postar um comentário