Rádio Monteiro - Online

Em Monteiro: Mãe de Jovem reclama de descaso na UPA, e diz: 'Tive que chamar a polícia para socorrer minha Filha'

No final da tarde desta quarta-feira(11), nossa redação recebeu uma denúncia da senhora, Maria da Conceição 43 anos, que mora na Rua Poeta Pinto do Monteiro, Nº 237 em Monteiro.

Segundo a mãe de B.N de 15 anos, sua filha passou mal nas primeiras horas da manhã da última segunda-feira (09), e por volta das 7:40 ela chegou com a filha na UPA (unidade de Pronto Atendimento), chegando no local pediu ajuda ao porteiro, que de imediato colocou a jovem em uma cadeira de rodas, em seguida ficou aguardando a triagem, esperou por mais de duas horas e meia e sua filha não foi atendida. 

Desesperada com a situação solicitou ajuda da polícia Militar, Segundo a mãe da menina a polícia ajudou a levar a sua filha até o Hospital Regional de Monteiro, aonde chegou desacordada e foi encaminhada diretamente para área vermelha, e mais tarde para a cidade de Campina Grande. De onde retornou na terça-feira à noite. E felizmente passa bem.

Segundo Maria da Conceição o que mais revoltou foi o fato da unidade está praticamente vazia, e mesmo assim sua filha teve que aguardar pelo atendimento por mais de duas horas e meia e não conseguiu ser atendida .

Ela conta que sua filha tem problemas cardíacos, e ainda chegou a conversar com as pessoas do atendimento, comentado que os lábios de sua filha estavam roxos e mesmo assim não não prestaram assistência.

Maria da Conceição acredita que o atendimento deveria ser mais humanizado, já que todos os cidadãos pagam para manter os órgãos públicos de saúde finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário