Rádio Monteiro - Online

Reajuste é revisado e conta de luz vai ficar mais barata para 195 mil paraibanos

Aumento de cerca de 5,8% anunciado em março pela Aneel foi substituído por um menor que 1%; Energisa não soube dizer quando a mudança vai ser percebida pelo consumidor.
 
O aumento no valor da conta de luz para 195 mil consumidores de Campina Grande e cinco cidades da região foi revisto nesta terça-feira (7) e deve ser substituído por um médio menor que 1%, bem 
De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), o reajuste médio que havia sido aprovado anteriormente deve ser substituído por um de 0,62%. Essa média é estabelecida a partir de um cálculo entre os reajustes para consumidores de alta tensão (indústrias) e baixa tensão (residências), que passam a ser de 0,53% e 0,74%, respectivamente.

A Aneel informou que a decisão ocorreu em razão da aprovação, no dia 31 de março deste ano, do valor definitivo do encargo Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) para amortização da Conta no Ambiente de Contratação Regulada (Conta – ACR), uma forma de amenizar o reajuste tarifário de seis distribuidoras de energia elétrica.

Conforme a Aneel, a retificação da Revisão Tarifária Extraordinária foi feita em várias concessionárias de distribuição. Além da Energisa Borborema, as mudanças afetaram a Companhia Paulista de Energia Elétrica (CPFL Leste Paulista); Companhia Sul Paulista de Energia (CPFL Sul Paulista); Companhia Jaguari de Energia (CPFL Jaguari); Companhia Luz e Força de Mococa (CPFL Mococa); e Companhia Luz e Força Santa Cruz (CPFL Santa Cruz).

Por meio da assessoria de comunicação, a Energisa informou que não foi notificada oficialmente sobre a alteração e por isso não pode dizer quando que os consumidores vão sentir na fatura. Por sua vez, a Aneel divulgou na internet que as mudanças começam a valer a partir da data de publicação no Diário Oficial da União, o que pode ocorrer já nesta quarta-feira (8).

0 comentários:

Postar um comentário