Pai faz filhos reféns e policiais negociam liberação de crianças

Duas crianças, entre quatro e cinco anos de idade, estão sendo mantidas como reféns pelo próprio pai, desde as 8h30 desta terça-feira (1º), dentro da casa da família, que fica no município de Queimadas, Agreste paraibano, a 146 quilômetros de João Pessoa.
Segundo a repórter Fernanda Figueiredo, do jornal CORREIO, o homem, que teria problemas psicológicos, mantém os filhos como reféns sob a alegação de que só os entregará a uma irmã e que depois disso irá cometer suicídio.
“A situação é tensa. Ele já ameaçou jogar as crianças da varanda (a casa é de primeiro andar) e a todo o momento exibe uma faca peixeira, inclusive colocando-a em seu pescoço. A negociação vem sendo intermediada pelo Corpo de Bombeiros, mas ele diz que quer entregar as crianças para uma irmã, que ainda não chegou ao local, e sempre que ele pega os meninos a tensão aumenta, pois existe o medo de ele feri-las”, relatou a repórter.
Além do Corpo de Bombeiros, policiais militares também permanecem no local e participam das negociações, tentando fazer com que o homem liberte as crianças e se entregue.

Relatos de problemas psicológicos

Ainda conforme Fernanda Figueiredo, vizinhos relataram que o homem é uma pessoa tranquila e que sempre cuidou bem dos filhos, mas vem apresentando problemas psicológicos desde que a companheira, que não era mãe das crianças, morreu, há cerca de seis meses.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.