MONTEIRO TV AO VIVO

Dois adolescentes são apreendidos suspeitos de estuprar menino de 9 anos no GEO Tambaú


Dois adolescentes foram apreendidos na manhã desta segunda-feira (11) em João Pessoa suspeitos de estuprarem uma criança de oito anos dentro de uma escola particular. Segundo informações da Polícia Civil, as apreensões foram em decorrência de mandados judiciais após processo que tramita em segredo de justiça desde maio de 2018.

Os dois adolescentes foram apreendidos nos bairros de Manaíra e Tambauzinho, em João Pessoa, e encaminhados para o Centro Educacional do Adolescente (CEA). De acordo com a delegada Roberta Neiva, gerente da seccional de João Pessoa, outros dois mandados de apreensão contra dois outros adolescentes suspeitos também foram expedidos e a Polícia Civil realiza buscas para cumpri-los.

O assessor do Colégio GEO afirmou que a escola estar monitorando o fato e, no momento adequado, irá se manifestar.

“A família da criança, que tinha oito anos na época do caso, trouxe o caso até a polícia. O caso foi para o âmbito judiciário e foi determinada a apreensão dos quatro adolescentes envolvidos”, explicou Roberta Neiva.

Os adolescentes apreendidos têm idades entre 14 e 17 anos. A delegada explicou que eles devem responder pelo ato infracional semelhante ao crime de estupro. “Não temos conhecimento de outras denúncias envolvendo o quatro adolescentes”, relatou a delegada.

Até o início da tarde desta segunda-feira, os dois outros adolescentes alvos do mandados judiciais não tinham sido localizados.

A confirmação foi dada pela superintendente da Polícia Civil, delegada Roberta Neiva na tarde de hoje.

De acordo com informações do setor de marketing do colégio Geo Tambaú ao a instituição foi pega de surpresa e vai enviar uma nota sobre o caso ainda nesta segunda-feira.

As primeiras informações são de que os abusos sexuais aconteciam dentro do banheiro de uma escola particular de um bairro nobre da Capital.

As apreensões se deram em cumprimento a mandados judiciais expedidos pela Justiça comum. O processo tramita em segredo de justiça desde maio de 2018, depois que a família da criança abusada sexualmente denunciou o fato.

Os dois adolescentes foram apreendidos nos bairros de Manaíra e Tambauzinho, em João Pessoa, e encaminhados para o Centro Educacional do Adolescente (CEA).

Os adolescentes apreendidos têm idades entre 14 e 17 anos. A Polícia informou que eles devem responder pelo ato infracional semelhante ao crime de estupro.

Outros dois adolescentes estão sendo procurados.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.