Mortes com acidentes de moto sobem 21% em rodovias federais da PB em 2019, diz PRF


O número de acidentes graves e mortes envolvendo motociclistas aumentou nas rodovias federais da Paraíba no primeiro trimestre de 2019, em comparação com o mesmo período no ano passado. Entre janeiro, fevereiro e março morreram 23 pessoas. O número é 21% maior que o registrado no primeiro trimestre do ano passado.

Os dados foram divulgados pela assessoria de imprensa da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que mostram ainda que o número de acidentes que deixaram vítimas gravemente feridas aumentou 46%, em relação ao ano passado. No primeiro trimestre desse ano foram 135 acidentados gravemente.

Os dados são preocupantes. Em 2018 foram registrados 699 acidentes envolvendo motos, sendo que 585 pessoas tiveram ferimentos leves com apenas escoriações, 282 com ferimentos graves e 65 morreram no local do acidente.

Homens morrem mais

Ainda no levantamento feito pela PRF, foi possível identificar que a maior parte dos acidentes de moto ocorrem com pilotos na faixa etária de 20 a 39 anos. Do total de vítimas graves em decorrência de acidentes de trânsito com motocicletas, 215 eram homens, o que representa 76,24%.

Quando os dados são referentes às vítimas fatais esse percentual é ainda maior. O número de homens mortos em acidentes de trânsito com motocicletas foi de 92%, o que significa 60 óbitos do total de 65 vítimas fatais.

Fiscalização

Depois de divulgar esse levantamento, a PRF informou que está intensificando a fiscalização de motociclistas para verificar as condições do veículo e dos condutores. A PRF destaca que na Paraíba, observa que muitos condutores não são habilitados e que muitos veículos não possuem condições de trafegar com segurança.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.