MONTEIRO TV AO VIVO

Familiares relatam furtos em túmulos e assaltos em cemitério de Campina Grande


Familiares e visitantes do cemitério do bairro do Monte Santo, em Campina Grande, estão denunciando furtos frequentes de peças e acessórios dos túmulos e até assaltos a mão armada no local. Em um dos casos, bandidos renderam pessoas que estavam acompanhando um enterro. O Cemitério Nossa Senhora do Carmo, mais conhecido como Cemitério do Monte Santo, é o maior da cidade.

Nos túmulos as peças que são furtadas geralmente são feitas de cobre e bronze. São argolas, puxadores, letreiros e até imagens. Em um dos casos, criminosos serraram os braços de uma imagem de Jesus Cristo crucificado.

A aposentada Lúcia Araújo ficou surpresa quando foi visitar o túmulo da família no Dia dos Pais e encontrou o local danificado. O letreiro de bronze havia sido furtado. O sentimento dela foi de revolta com a insegurança.

“É um lugar onde a gente vai pensando em ter paz e tranquilidade. De repente, quando chega se depara com um episódio desse. A gente fica chocada que nem num momento difícil de recordações a gente se livra da insegurança”, disse ela.

Funcionários do cemitério comentaram com a equipe de reportagem daTV Paraíba que recentemente, num domingo, bandidos armados roubaram pessoas que estavam acompanhando um enterro. Eles renderam as vítimas e levaram bolsas. Os funcionários também comentaram que a maior parte dos casos de furtos é praticada por adolescente e suspeitam que eles fazem isso para vender as peças no quilo.

“Precisa mais de atenção da Segurança Pública para que as famílias não passem por esse momento de constrangimento”, disse a engenheira Armênia Soares.

Duas primas de Lúcia Araújo também passaram por roubos dentro do cemitério. “Elas moram em outra cidade e vieram visitar. Foi num horário em que havia pouca gente no cemitério. Roubaram as bolsas delas”, disse a aposentada.

O administrador do cemitério, José Fernando, disse que a segurança no local é feita por dois vigilantes, mas, como o local é muito grande, eles não conseguem dar contar de todo o espaço. A Polícia Militar também faz rondas, porém apenas na ao redor do cemitério.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.