Rádio Monteiro - Online

Monteirense vence concurso fotográfico: "Minha Cidade é um Cartão Postal"

campinaflaviomonteiroA moderna orla do Açude Velho de Campina Grande sob os primeiros momentos do luar é a foto vencedora desta quinta edição do concurso Minha Cidade é um Cartão Postal. O autor do click é o psicólogo e fotógrafo Flávio Santos, natural de Monteiro, há 10 anos radicado em Campina, “é a cidade que me adotou, que me deu oportunidades, tenho uma relação de amor com esse lugar”, dimensiona.
Ao saber que ganhou o concurso, Flávio emocionou-se. “Ninguém imagina a alegria que isso me traz”, disse com a voz embargada, comentando as dificuldades que vem passando para conciliar todas as atividades que exerce hoje e ainda fotografar. É assistente social no CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) da prefeitura de Campina, trabalha ainda no sistema prisional e também é tutor de cursos a distancia da UEPB (Universidade Estadual da Paraíba). “É uma loucura, um desafio a cada dia fazer fotografia com tudo isso andando junto”, comenta Flávio que começou a se profissionalizar no ramo de um ano pra cá.

A foto vencedora retrata uma Campina Grande moderna, banhada pelo antigo açude, com altos edifícios e o Museu dos Três Pandeiros, uma das últimas obras do arquiteto mundialmente famoso Oscar Niemeyer. Tirada no limiar do fim do dia e início da noite, a imagem traz um dos assuntos favoritos do fotógrafo: a lua. “Foi como uma dança, uma relação de movimento. Eu e ela, a lua, fomos nos movimentando até que conseguisse o que queria, que era aproximar a lua o máximo possível do prédio. É o homem e a lua intervindo em uma paisagem em que o prédio é parte fixa da história, fazendo essa contradição”, explica.

A paixão de Flávio pela fotografia começou cedo, aos sete anos, quando foi a um casamento e viu uma fotógrafa em peqflavioação. “Gostei do poder de interação que ela exercia sobre aquelas pessoas”, lembra. Então pegou a câmera de sua mãe e não parou mais. Auto-didata, está sempre estudando sobre o assunto como também participa de seminários e concluiu um curso de extensão em fotografia básica na UFCG (Universidade Federal de Campina Grande). Com os recursos que conseguiu na Psicologia, adquiriu equipamentos profissionais e hoje faz trabalhos na área. Parte de seu material pode ser visto em seu site: http://flmonteiro.wix.com/photos .

“Como psicólogo, dialogo com as pessoas que vou fotografar de forma diferente do que vejo no mercado. Procuro saber mais sobre elas antes de clicar, assim as fotos contam uma história, têm mais conexão com aquela realidade”, explica o profissional formado pela UEPB, com mestrado em Desenvolvimento Regional pela mesma instituição. A fotografia é a forma que encontrou para conseguir lidar melhor com as dificuldades que enfrenta enquanto psicólogo, ao lidar, inclusive, com situações de abuso em crianças e idosos. “Na fotografia eu olho para o céu, sonho, lido com as pessoas de forma mais leve.”

COM CARIRI LIGADO.

0 comentários:

Postar um comentário